29 de maio de 2017

Como manter o pacote de benefícios da empresa no cenário de recessão econômica?

O pacote de benefícios de uma empresa pode ser visto de duas formas: como gasto ou investimento. A diferença entre essas duas visões está na postura, nos valores e nas definições estratégicas de uma empresa. A cultura organizacional é o que influencia a decisão da organização de cortar ou não os benefícios em momentos de crise!

O cenário brasileiro

Os últimos anos têm sido marcados por períodos turbulentos para o mercado brasileiro. Com a chegada da crise econômica, as corporações tiveram que adaptar seu orçamento, enxugar a verba e cortar os gastos, tudo isso para manter as empresas ativas e competitivas.

Por esse motivo, muitas organizações cortaram suas políticas de benefício. Mas será que essa ação é realmente necessária?

Para responder essa pergunta, listamos algumas opções para as empresas que estão passando por momentos de dificuldade e reafirmamos a importância do plano de benefícios para a produtividade das corporações. Confira!

Programas de benefícios ajudam a superar a crise

Adapte sua política de benefícios

Sim, o plano de benefícios utiliza a verba da empresa e cortar esse gasto pode ser a primeira solução que vem à cabeça do responsável pelo setor financeiro, mas essa pode ser uma escolha muito prejudicial para a organização. Por isso, antes de cancelar qualquer benefício, tente adaptar as vantagens. Por exemplo, se a empresa oferece convênio médico integral aos funcionários, busque uma opção mais barata ou tente renegociar o desconto.

Outro exemplo são as empresas que oferecem bolsa de estudo aos colaboradores. Não corte esse benefício! Converse com os trabalhadores e se ofereça para pagar uma porcentagem menor do curso.

Entenda os benefícios como um investimento

Não veja o plano de benefícios como um gasto supérfluo e que pode ser retirado a qualquer momento. Essas vantagens fazem a diferença para sua equipe e podem ajudar a engajar os trabalhadores e estimulá-los a desenvolverem um trabalho ainda melhor, mesmo em uma época difícil e instável. Deixe claro para seus colaboradores que os benefícios são importantes e que a empresa se dedica muito para mantê-los. Certamente, eles vão retribuir através da dedicação no ambiente de trabalho.

Procure ajuda

Claro que a ajuda de um profissional especializado ou de uma empresa que atua no mercado de benefícios e seguros é sempre uma excelente opção. Entre em contato com a Fidati e aprenda como manter os benefícios mesmo em época de crise.

Receba nossas Notícias